Maremoto

Vocês haviam de ver! Nesta Casa da Idanha há uma grande revolução! Há muito que este oceano de bem-fazer esperava uma casa nova. É que esta tem mais de cem anos! Bendito seja o dono do céu e do mar, das nuvens e das águas, do azul e do verde transparente das ondas! E que bonita! Quantos esforços e sacrifícios para chegar até aqui!
Estes dias, porém, parece ter acontecido nesta «cidade da saúde» um maremoto. As mudanças são uma bênção e um sofrimento. Os barcos andam constantemente em travessia. Os barqueiros não têm mãos a medir. Os passantes cantam, riem, estão felizes… e alguns, oh Deus! deixam-se apanhar pela ansiedade do novo e diferente. Mas a festa do mar é para valer. Os habitantes deste mar, aqueles a quem a praia e a cidade desconhecem ou até recusam, vão poder agora ter um espaço mais digno, um serviço mais personalizado, uma atenção humana e técnica facilitada. Feliz maremoto! Bem aventurada tempestade! Parabéns a quem acredita no Amor que faz nascer as grandes obras.

2 ecos do mar:

ERute disse...

Estou ansiosa por visitar essa nova casa...

Um beijo a todas!

Catarina António disse...

E bonita está a ficar a nossa casa nova... No inicio a mudança custa sempre mas vai valer a pena, tenho a certeza :)
Eu estou a amar a casa nova!!!